70º aniversário da ONU
LISBOA, 15 de outubro de 2015 (CPR) - Comemora-se em 24 de outubro o Dia das Nações Unidas, data que assinala a entrada em vigor da Carta das Nações Unidas.
Em Lisboa, as comemorações na capital são promovidas conjunta­mente pela Câmara Municipal, o Centro de Informação Regional da ONU para a Europa Ocidental e as entidades da ONU com representação em Portugal (CPR, FAO, OIM, OIT, GCNP, UNU-EGOV, UNESCO, UNICEF, UNICRI)
Na véspera, dia 23, sexta-feira, das 15h às 17h30, no Centro de Informação Urbana (Picoas Plaza, Rua Viriato, 13, Lisboa) realiza-se uma sessão pública de comemoração do 70º Aniversário que inclui uma exposição iconográfica sobre o tema e informação sobre as agências e comités. Simultaneamente, decorrerá no auditório do mesmo centro, uma sessão sobre os "Novos fluxos de refugiados e migrantes", com uma comunicação da Presidente do CPR e o testemunho de uma voluntária do ACNUR, seguidos de debate (ver programa).
No dia 24, sábado, a efeméride é festejada entre as 10 e as 15 horas, também em Lisboa, com um programa que inclui uma cerimónia no Salão Nobre dos Paços do Concelho, um momento de fado, a inauguração de uma exposição sobre as Nações Unidas, na Praça do Município, com uma mostra das agências na ONU em Portugal.


 

 

DIVERSOS PROJECTOS DO CPR SÃO FINANCIADOS PELO FUNDO ASILO, MIGRAÇÃO E INTEGRAÇÃO (FAMI)

 

De acordo com as últimas estatísticas, o número de migrantes forçados em todo o mundo ultrapassa os 65 milhões e não pára de aumentar. O número de pessoas que buscam protecão no nosso país é de cerca de 870 por ano ou 87 pessoas por cada milhão de habitantes, um número bastante inferior à média europeia (2600 pedidos por milhão de habitantes na UE-28, em 2015). Há mais de um quarto de século que o CPR, sempre em colaboração com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), procura minimizar as consequências das deslocações forçadas, em particular das pessoas acolhidas em Portugal.