Blogue do CPR
(publicações do CPR na Web por ordem cronológica)

Oeiras subscreve Plano de Acolhimento de Refugiados Recolocados
LISBOA, 21 de julho de 2016 (CPR/LUSA) - No âmbito do Plano de Acolhimento de Refugiados Recolocados, foi assinado esta quarta-feira um protocolo entre a C.M. de Oeiras e o Conselho Português para os Refugiados (CPR).      Ler

Uma viagem pelo ADN
Lisboa, 1 de julho de 2016 (CPR) - Este vídeo é uma excelente lição sobre os preconceitos socioculturais. Contra a xenofobia, nacionalismos e outras patalogias, assine a petição do www.diadorefugiado.org!      Ver

CPR vai aumentar capacidade de primeiro acolhimento para mais do dobro
LISBOA, 30 de junho de 2016 - Através de obras de reabilitação e adaptação de um edifício já existente, cedido pela C.M.Loures, próximo do actual centro de acolhimento na Bobadela, o CPR vai criar capacidade para acolher mais 60 adultos e 30 crianças. As obras serão financiadas com fundos europeus.
 Fotos   Notícia CM Loures

Vídeo do Relatório Tendências Globais
GENEBRA, 27 de junho de 2016 (ACNUR) - 1 ser humano em cada 113 encontra-se deslocado devido à guerra, a situações de violência generalizada, à perseguição política ou religiosa, à violação de direitos humanos fundamentais.      Ver

Comemorações do Dia Mundial do Refugiado
Portugal está solidário #ComOsRefugiados     Ver

Celebridades globais #ComOsRefugiados
Visite www.diadorefugiado.org e assine hoje mesmo a petição "Solidatiedade #ComOsRefugiados". Com esse gesto, envia aos líderes mundiais uma mensagem clara para que contribuam na busca de soluções corajosas, humanas e inovadoras para os refugiados.      Ver

Sarau Cultural - Dia Mundial do Refugiado
Esta segunda-feira, 21h, com: RefugiActo, Baque do Tejo, The Ramblers, Bule-Bule na Ribeira, Dino D’Santiago Trio, Watar (Latlateh) - Ribeira das Naus (http://goo.gl/36Li2Y) - Entrada livre - Participe!      Ver

Cate Blanchett - Dia Mundial do Refugiado
Junte-se a nós e mostre a sua solidariedade com os refugiados - veja aqui o Programa das Comemorações do Dia Mundial do Refugiado:      Ver

20 de junho, Dia Mundial do Refugiado
Junte-se a nós e preste homenagem à coragem, determinação e resiliência de quem foi forçado a abandonar tudo para recomeçar uma vida nova!      Ver

Martin Schulz visita refugiados em Portugal - RTP Notícias
O Presidente do Parlamento Europeu ficou impressionado pela forma como Portugal acolhe e integra as 271 pessoas.      Ver

Barikan nunca mais parou de estudar...
Refugiada diversas vezes, apesar da sua tenra idade, uma criança curda nunca mais iria esquecer a advertência da sua mãe quando insistia com ela para lhe comprarem uns sapatos de bailarina: "A minha mãe olhou-me fixamente nos olhos e através da sua face senti a sua dor, era como se visse a sua alma e disse-me: se queres ser uma mulher independente tens que estudar, estudar..." - Barikan nunca mais parou de estudar.      Ver

Cate Blanchett é a nova embaixadora do ACNUR
A atriz Cate Blanchett é a nova embaixadora da ONU para os refugiados, cargo que partilha com Angelina Jolie. Cate é uma defensora da causa e trabalha com o ACNUR há mais de um ano.      Ver

Universidade de Coimbra distingue Guterres com título honoris causa
LISBOA, 29 de abril de 2016 (LUSA/CPR) - A atribuição do grau de 'doutor honoris causa' ao anterior Alto-Comissário das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) foi aprovada pelo Senado da UC, na sequência de proposta apresentada pela Faculdade de Economia, em novembro de 2015, disse hoje à agência Lusa fonte da reitoria da Universidade.      Ver

Teresa Tito de Morais: "As crianças refugiadas têm uma vontade imensa de aprender"
LISBOA, 22 de abril de 2016 (CPR) - Mais de metade da população refugiada são crianças e jovens com menos de 18 anos, segundo os dados do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR). A Presidente do CPR diz que "as crianças refugiadas têm uma vontade imensa de aprender, de ganhar novas competências e socializar". Algo que prevê ser "bastante gratificante para os professores".      Ver

Espaço "A Criança" distinguido na "Semana da Educação 2016"
BOBADELA, 19 de abril de 2016 (CPR) - A "Semana da Educação", promovida pela Câmara Municipal de Loures, decorreu ao longo da semana passada. O Espaço "A Criança" esteve presente nos dias 14 e 15 com um stand partilhado com outra instituição do concelho.      Ver

António Costa visita a Grécia. CPR espera que processo acelere a partir desta semana.
LISBOA, 11 de abril de 2016 (CPR/DN) - A propósito da visita à Grécia de António Costa, o Diário de Notícias ouviu Teresa Tito de Morais, Presidente do CPR - "É um desafio muito grande, mas há capacidade se todos trabalharmos de forma articulada. Isso obriga a criar no país uma resposta partilhada em todas as regiões, sobretudo nas mais desertificadas. Acredito que Portugal está à altura e acho que há uma grande sensibilidade", afirma Teresa Tito de Morais, referindo que se "a integração for suave e os resultados mostrados, irá correr bem".      Ver

Em Fafe, no evento "Terra Justa", homenagem a António Guterres, Agenzia Habeshia e F. Gulbenkian
FAFE, 9 de abril de 2016 (CPR/CM-Fafe) - De 5 a 9 de Abril, Fafe foi a capital das causas e valores da humanidade. Durante 5 dias, conferências, tertúlias de café com convidados nacionais e internacionais, exposições de rua, teatro de rua, debates, música, arte pública e muitas outras atividades levaram as pessoas a refletir sobre causas e valores da humanidade, tendo os refugiados como pano de fundo. Teresa Tito de Morais, Presidente do CPR, foi uma das participantes.      Ver

No Espaço "A Criança", os brinquedos foram ao médico...
BOBADELA, 7 de abril de 2016 (CPR) - O Dia Mundial da Saúde foi assinalado no Espaço "A Criança" com a ida do brinquedo preferido de cada criança ao médico. Pedimos a cada criança que trouxesse o seu brinquedo preferido para que este fosse ao médico. Montou-se o hospital do brinquedo na entrada da instituição e as crianças esperaram ordeiramente na sala de espera para irem à triagem e para serem consultadas.      Ver

Yusra e as Olimpíadas do Rio
GENEBRA, 7 de abril de 2016 - Um ato heróico marcou a vida de Yusra Mardini, hoje a viver na Alemanha: ela, a sua irmã e outros dois passageiros salvaram a vida de diversas pessoas ao empurrar nadando, nas difíceis águas do Mediterrâneo, uma pequena embarcação prestes a afundar-se, cujo motor havia parado de funcionar. Hoje, Mardini sonha em tornar-se uma atleta olímpica.      Ver

Hotel abandonado convertido em orfanato
31 de março de 2015 - Após cinco anos de guerra na Síria, há milhares de crianças sem pais ou alguém que as tenha a cargo. Um hotel abandonado na cidade de Homs é agora um orfanato.      Ver

Na resposta à crise de refugiados, é necessário um aumento exponencial da solidariedade global
GENEBRA, 30 de março de 2016 (ACNUR) - Numa conferência de alto nível sobre os refugiados sírios, Ban Ki-moon, Secretário Geral da ONU, afirmou que é necessário aumentar a reinstalação de refugiados e proporcionar outras soluções, como um maior compromisso por parte dos Estados.      Ver

Relatórios do CESE revelam a amplitude real da crise de refugiados na Europa
LISBOA, 21 de março de 2016 (CPR) - O Comité Económico e Social Europeu (CESE) acaba de publicar os relatórios sobre as missões de estudo ocorridas entre dezembro de 2015 e janeiro de 2016 sobre a situação dos refugiados do ponto de vista das organizações da sociedade civil.      Ver

Acordo UE - Turquia sobre as travessias irregulares do Egeu
BRUXELAS, 18 de março de 2016 - Donald Tusk, Presidente do Conselho Europeu, anunciou no seu Twitter que houve unanimidade entre os Chefes de Estado e de Governo da UE ("EU HoSG") e a Turquia para impedir as travessias irregulares do Mediterrâneo. O acordo entra imediata­mente em vigor (este domingo, dia 20), como a aplicação do princípio "Um por um", sendo depois implementado por fases.      Ver

Kunkush, são e salvo, reencontra a família...
13 de março de 2016 - Nos horrores da travessia do Mar Egeu, um membro muito especial de uma família perde-se aterrorizado. Meses depois, estão de novo juntos, na outra ponta do continente europeu, prontos a recomeçar as suas vidas...      Ver

Enviada Especial do ACNUR apela à coragem política para lidar com a crise de refugiados
Vale de Beca, Líbano, 15 de março de 2016 (ACNUR) - Angelina Jolie Pitt, Embaixadora da Boa Vontade e Enviada Especial do Alto Comissariado das Nações Unidas (ACNUR) numa visita ao campo de Vale de Beca, esta terça-feira, 15/3, exortou os governos e a comunidade internacional a fazerem prova da sua coragem política ao lidarem com a Síria e a crise global de refugiados.      Ver

ACNUR preocupado com proposta de acordo da UE com a Turquia
GENEBRA, 9 de março de 2016 (ACNUR) - O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) expressou a sua preocupação relativamente a qualquer resposta europeia à crise dos refugiados que envolva o retorno geral de todos os indivíduos de um país para outro sem que esteja devidamente salvaguardada a proteção dos refugiados garantida pelo Direito Internacional.      Ver

Sessões de sensibilização/ esclarecimento e outras reuniões e eventos durante o 1º semestre de 2016
LISBOA, 7 de março de 2016 (CPR) - O CPR está a receber diariamente convites de escolas, universidades, autarquias e de diversas organizações da sociedade civil para promover ou participar em sessões de esclarecimento/ sensibilização e outros eventos sobre asilo e refugiados.      Ver

ACNUR: 6 passos ao encontro de uma solução para a crise de refugiados
GENEBRA, 4 de março de 2016 (ACNUR) - No contexto da cimeira entre os dirigentes da União Europeia e a Turquia, na próxima segunda-feira, dia 7, em Bruxelas, o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) faz as seguintes recomendações, esperando contribuir para que se encontre uma solução para a crise de refugiados na Europa.      Ver

ACNUR alerta para crise humanitária iminente na Grécia devido ao impasse europeu
GENEBRA, 3 de março de 2016 (ACNUR) - O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) alertou, esta terça-feira, que a Europa se depara com uma crise humanitária iminente, em grande parte provocada por culpa própria, face ao rápido aumento de refugiados impedidos de deixar a Grécia, país já de si numa situação de enorme sobrecarga.      Ver

Travessia do Mar Egeu - Relatos na primeira pessoa (Vídeo)
GENEBRA, 3 de março de 2016 (ACNUR) - Embora frequentemente nos esqueçamos, por detrás de cada unidade que forma os grandes números das estatísticas da travessia do Mediterrâneo há um ser humano, com nome - neste caso, Laya Alkanawati.      Ver

ACNUR e UNICEF lançam pontos de apoio para os mais vulneráveis ao longo da Rota dos Balcãs
GENEBRA, 2 de março de 2016 (ACNUR) - No âmbito de um trabalho conjunto para melhorar a protecção das mulheres e crianças e de outras pessoas com necessidades especiais que, em número crescente, estão a chegar à Europa, o ACNUR e a UNICEF estão a criar centros de apoio especiais para crianças e famílias ao longo das rotas migratórias mais frequentemente utilizadas na Europa.      Ver

Mediterrâneo: Morrem mais de duas crianças por dia. Intensificam-se as travessias irregulares.
KOS, Grécia, 24 de fevereiro de 2016 (ACNUR/OIM/CPR) - Diariamente, em média, morrem duas crianças quando as suas famílias tentam a travessia do Mar Egeu, em busca de segurança, declarou ontem o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), referindo estatísticas desde setembro de 2015 até à presente data.      Ver

Mediterrâneo: As primeiras 7 semanas de 2016 ultrapassam os números do primeiro semestre de 2015 (Vídeo)
24 de fevereiro de 2016 - Este pequeno clip de vídeo faz um ponto de situação das travessias irregulares do Mediterrâneo desde 1 de janeiro, concluindo com o apelo do ACNUR para que a União Europeia encontre uma solução comum para a crise.      Ver

Benefícios mútuos no acolhimento de refugiados
LOURES, 23 de fevereiro de 2016 (LUSA/DN/CPR) - Numa mesa redonda que juntou representantes do ACM, do CPR, da PAR e do CPPC, Teresa Tito de Morais, Presidente do CPR, defendeu que "Sempre que Portugal mostrou abertura para receber pessoas de fora, foram momentos chave para a revitalização da nossa economia".       Vídeo    Notícia DN

Curso breve:"Direito dos Refugiados e da Protecção Internacional no quadro da União Europeia"
LISBOA, 23 de fevereiro de 2016 (CPR) O ano de 2015 foi marcado por um afluxo sem precedentes de pessoas carecidas de proteção internacional e de imigrantes em geral à União Europeia, afluxo que tenderá mesmo a aumentar em 2016. Mantêm-se assim da maior atualidade temas como o dever de proteção internacional, a distinção entre imigrantes forçados e imigrantes voluntários, o princípio da não repulsão e o princípio da solidariedade e da partilha equitativa de responsabilidades (...)      Ver

Refugiados iraquianos no Líbano (Vídeo)
BEIRUTE, 20 de fevereiro de 2016 (ACNUR) - O vídeo conta a história na primeira pessoa de uma mãe iraquiana e do seu filho já adulto, vítima de doença grave, agora refugiados no Líbano. A violência no Iraque continua sem rédeas, principalmente devido ao Daesh/EI, e, entretanto, mais de 4 milhões de pessoas foram forçadas a deslocar- se, procurando refúgio noutros países, incluindo o Líbano.      Ver

Portugal oferece-se para acolher 10.000 refugiados
LISBOA, 19 de fevereiro de 2016 - O Primeiro-Ministro português disponibilizou-se para receber mais cerca de 5.800 refugiados, para além da quota atribuída a Portugal no âmbito do Programa de Recolocação de Refugiados dentro da UE (4.295 pessoas) e e ao abrigo do Programa de Reinstalação de Refugiados que se encontram em países terceiros (191 pessoas). Estes números são válidos para um período de dois anos.      Ver

Relator da ONU adverte contra "governos que alimentam o medo face aos migrantes", por ocasião da cimeira da UE
NOVA IORQUE, 18 de fevereiro de 2016 (ACNUDH) No dia em que começa uma cimeira da União Europeia, em Bruxelas, tendo a migração como um dos pontos fortes da agenda; o relator especial das Nações Unidas sobre os Direitos Humanos dos Migrantes, François Crépeau, adverte que se tornou impossível na Europa ter uma discussão equilibrada sobre os direitos dos migrantes, diversidade e integração.      Ver

Nas 6 primeiras semanas de 2016, mais de 80.000 pessoas fizeram a travessia irregular do Mediterrâneo
GENEBRA, 17 de fevereiro de 2016 (ACNUR) - Apesar do mar agitado e de um inverno rigoroso, mais de 80 mil refugiados e migrantes chegaram, de barco, à Europa, durante as primeiras seis semanas de 2016. Um número que é superior ao registado nas primeiras 16 semanas de 2015, anunciou o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).      Ver

Síria: Primeiros camiões com ajuda humanitária chegam a diversos locais sitiados
LISBOA, 17 de fevereiro de 2016 (LUSA/AFP) - Na sequência da reunião de Munique, dia 12, e do encontro de ontem entre Staffan de Mistura (Enviado Especial da ONU) e autoridades sírias, começou a chegar ajuda humanitária a diversas localidades sitiadas, entre as quais Madaya, uma das mais afetadas, em que 46 pessoas morreram de fome desde 1 de dezembro, segundo a Médicos Sem Fronteiras (MSF).      Ver

Assinatura de Protocolo com o Comité Olímpico de Portugal (COP)
LISBOA, 16 de fevereiro de 2016 (COP/CPR) - José Manuel Constantino, Presidente do Comité Olímpico de Portugal (COP), e Teresa Tito de Morais, Presidente do CPR, assinaram hoje um protocolo de colaboração destinado a integrar o desporto no plano de acolhimento de refugiados.      Ver

“Nós” e “Os outros”: a Cultura na crise dos refugiados
ÉVORA, LISBOA, PORTO e TAVIRA, 16 de fevereiro de 2016 - Debates em simultâneo nas 4 cidades, das 18h30 às 20h, promovidos pela ACESSO CULTURA. O CPR participa nos debates de Lisboa e Porto.      Ver

Vaga para 1 Jurista
LISBOA, 16 de fevereiro de 2016 - Encontra-se aberto até 29 de Fevereiro de 2016 o processo de selecção para o preenchimento de 1 lugar em regime de contrato de trabalho por tempo certo para a função de Jurista no CPR.      Ver

Síria: Alcançado acordo parcial de cessar-fogo que permite organização de corredores humanitários
LISBOA, 12 de fevereiro de 2016 - Foi acordada esta 5ª.feira, 11/2, uma cessação das hostilidades no prazo de uma semana em todo o país, o que permitirá que o acesso à ajuda humanitária seja alargado a uma série de locais. Alepo, a maior e mais estratégica cidade síria, está agora cercada pelas forças de Assad. Estimativas da ONU sobre Alepo, apontam para 51 mil pessoas em fuga e 350.000 sitiados. Homs, a terceira maior cidade síria, cercada desde 1/2, começa a ficar sem víveres. Em Madaya, com mais de 40.000 pessoas cercadas, continua a morrer-se de fome (http://goo.gl/E3IrLw).      Ver

“Dizer que não querem vir é simplificar”
LISBOA, 12 de fevereiro de 2016 (DN) - Teresa Tito de Morais, presidente do CPR, num debate promovido pela Fundação Francisco Manuel dos Santos, defendeu que o incipiente resultado do programa de recolocação de refugiados é devido à incapacidade da União Europeia para lidar com o problema e não a Portugal, um país que muitos refugiados nem sabem que existe. Até à presente data, ao abrigo desse programa, o nosso país apenas recebeu 30 pessoas ou 0,6% do total previsto e, globalmente, nos 28 países UE, apenas foram recolocados 491 ou 0,3% do total acordado.      Ver

"Apocalipse Now"
10 de fevereiro de 2016 - Este pequeno clip de vídeo mostra o "grau apocalíptico" da guerra na Síria. Entretanto, com o cerco de Aleppo dezenas de milhares de pessoas em fuga depararam com a fronteira turca encerrada, des­de o passado dia 5. O ACNUR fez um apelo ao maior país de asilo do mundo, a Turquia, para que mantenha a sua política de fronteiras abertas.      Ver

Declaração do ACNUR sobre a situação na Turquia
GENEBRA/ANCARA, 9 de fevereiro de 2016 (ACNUR) - O Alto Co­mis­sariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) exprime a sua gratidão às autoridades e ao povo da Turquia pela generosidade demonstrada no acolhimento dos refugiados sírios ao longo dos cinco anos de guerra.      Ver

Síria: Negociações de paz suspensas. Até quando o sofrimento do povo sírio?
GENEBRA, 3 de fevereiro de 2016 (ACNUR/CPR) - As negociações de paz mediadas pela ONU que estavam a decorrer em Genebra há apenas dois dias foram suspensas e deverão ser retomadas a 25 de fevereiro. Staffan de Mistura, enviado especial da ONU para a paz na Síria, em conferência de imprensa desta quarta-feira, esclareceu que ainda antes do envio dos convites para as negociações, tinha pedido que se avançasse de imediato com uma iniciativa humanitária.      Ver

Por quanto tempo mais?
LISBOA, 5 de fevereiro de 2016 (ACNUR/CPR) - Foram necessários cinco anos para se conseguir a unanimidade dos membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU sobre a Síria, a 18 de dezembro de 2015. As negociações de paz começaram um mês depois mas só duraram dois dias... Espera-se que recomecem a 25 de fevereiro. Entretanto, por cada dia que passa, 50 famílias serão forçadas a abandonar as suas casas. Até quando o sofrimento do povo sírio?      Ver

“Chocante, mas não surpreendente”
LISBOA, 1 de fevereiro de 2016 (RR) - A propósito das declarações de Brian Donald, diretor da Europol, sobre 10.000 menores refugiados desapa­re­cidos na Europa, Teresa Tito Morais, Presidente do CPR, disse à R.Renascença não estar surpre­endida pela notícia, enfatizando a importância de um combate efi­caz às redes de tráfico e da neces­sidade de uma política mais solidária de acom­panha­mento destas situações e de acolhimento digno e adequado.   Ver

Apelo urgente para o fim do sofrimento do povo sírio
GENEBRA, 30 de janeiro de 2016 (ACNUR/CPR) - Começaram esta sexta-feira, dia 29, as negociações de paz,de acordo com a resolução do Conselho de Segurança das Nações Unidas de 18 de dezembro. O texto da Resolução reconheceu a estreita ligação entre um cessar-fogo e um processo político paralelo, com o primeiro a entrar em vigor assim que as partes deem os passos iniciais rumo a uma transição política sob os auspícios da ONU.      Ver

Grandi: "Ninguém fica para trás" porque muito poucos grupos de pessoas são tão vulneráveis quanto os refugiados
GENEBRA, 29 de janeiro de 2016 (ACNUR/CPR) - Filippo Grandi, o novo Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados, fala sobre as prioridades do ACNUR e porque é que esta causa merece todo o empenho pessoal. O número de pessoas deslocadas abrangidas pelo mandato do ACNUR é agora superior a 60 milhões, a que há que somar mais 10 milhões de apátridas.      Ver

Confiscação de bens dos refugiados
LISBOA, 26 de janeiro de 2016 (TSF) - Teresa Tito Morais, Presidente do CPR, em declarações à TSF, condena veemen­temente a legislação aprovada na Dinamarca que prevê a confiscação de bens aos refugiados portadores de um valor superior a 1.300 euros.      Ver

“Guimarães Acolhe”
LISBOA, 25 de janeiro de 2016 (REFLEXO DIGITAL) - O Município de Guimarães formalizou o acordo de cooperação para o acolhimento de refugiados. “Guimarães Acolhe” é o nome dado ao plano de ação que envolve a Câmara Municipal, o CPR e dezassete entidades do concelho de Guimarães.      Ver

Ministros do Interior e da Justiça da UE discutem crise de refugiados
AMESTERDÃO, 25 de janeiro de 2016 (CPR/LUSA) - Constança Urbano de Sousa, Ministra da Administração Interna, que participa na reunião informal de ministros do Interior e da Justiça da União Europeia, a decorrer em Amesterdão, ao ser entrevistada pela Lusa, constatou que o facto de "o sistema de recolocação não estar visivelmente a funcionar não é uma responsabilidade dos Estados que se disponibilizaram para acolher refugia­dos, como é o caso de Portugal".      Ver

Grandi apela para que haja acesso humanitário em todo o território sírio
DAMASCO, Síria, 24 de janeiro de 2016 (ACNUR) - Na sua primeira visita à Síria como Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados, Filippo Grandi apelou a todas as partes implicadas no conflito para viabilizarem o acesso regular, sem restrições e continuado, das organizações humanitárias às zonas sitiadas e de circulação difícil.      Ver

Fome e desespero em 15 localidades sírias sitiadas
MADAYA (Síria), 15 de janeiro de 2016 (ACNUR) - Blo­quea­da nesta cidade, a população civil ali­men­ta-se com gramíneas e outras plantas, vivendo em condições infra-humanas, apenas atenuadas pela chegada esta semana de uma coluna de camiões com ajuda humanitária.      Ver

Quando o teatro se torna um abrigo
LISBOA, 15 de janeiro de 2016 - A reportagem multimédia da R.Renascença "Quando o teatro se torna um abrigo" mostra como o teatro pode ajudar no lon­go processo de integração dos refu­gia­dos. Com o apoio do programa PARTIS da F.C.Gulbenkian, o RefugiActo, um grupo sur­gido há onze anos nas aulas de por­tu­guês e por onde têm passado atores dos quatro cantos do mundo, tem-se revelado uma estratégia facilitadora da aprendi­zagem da língua e de inclusão social.      Ver

Há necessidade de soluções para conter a crise global de refugiados, diz Grandi
GENEBRA, 11 de janeiro de 2016 (ACNUR) - Com um número recorde de refugiados e pessoas deslocadas no mundo, o novo Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados, Filippo Grandi, apelou para que haja mais esforços diplomáticos na procura de soluções para os conflitos e abusos dos direitos fundamentais que levam as pessoas a abandonar as suas casas.      Ver

"Acolhimento e integração devem ser as palavras de 2016"
LISBOA, 5 de janeiro de 2016 - A afirmação é de Teresa Tito Morais, Presidente do CPR, quando questionada pelo Diário de Notícias a propósito da iniciativa anual da Porto Editora que escolheu "Refugiado" como Palavra do Ano 2015. A Presidente do CPR deu ênfase à importância de uma política solidária de acolhimento, soluções diplo­má­ticas nas zonas de conflito e a criação de corredores humanitários para garantir a chegada em segu­rança ao território de asilo.      Ver

“Refugiado” é a Palavra do Ano 2015
LISBOA, 4 de janeiro de 2016 - Vagas assim de refugiados nunca antes foram vistas pelas atuais gerações - milhares de pessoas a atravessar o Mediterrâneo apinhadas em pequenos botes de borracha, invadindo depois os campos, as florestas, as estradas e autoestradas da Europa...      Ver

Guterres: "A Síria deixará de existir se não houver um Acordo de Paz"
NOVA IORQUE, 23 de dezembro de 2015 (ACNUR) - Se a guerra na Síria não terminar rapidamente, o país poderá deixar de existir, advertiu António Guterres, Alto Comis­sário das Nações Unidas para os Refugiados no Conselho de Segurança da ONU, esta segunda-feira, dia 21.      Ver

Festa de Fim de Ano do CPR
BOBADELA, 21 de dezembro de 2015 (CPR) - Todos os anos, no auditório do CAR, na Bobadela, Loures, o CPR organiza uma festa-convívio para comemorar a mudança de ano.      Ver

Doaa, a heroína mais improvável na grande aventura da travessia do Mediterrâneo
LISBOA, 15 de dezembro de 2015 (CPR) - A bordo de um barco sobrelotado, com mais de 500 refugiados e migrantes, Doaa, uma jovem síria de 19 anos, que tinha medo do mar e não sabia nadar, torna-se a heroína improvável quando acontece o naufrágio. Depois de dias e noites no mar, um navio da marinha mercante descobre destroços do naufrágio e encontra Doaa com 3 crianças à sua guarda...      Ver

Fundação IKEA contribui para a melhoria dos campos de refugiados
LISBOA, 12 de dezembro de 2015 - A Fundação Ikea tem desenvolvido em colaboração com o ACNUR diversos projetos destinados à melhoria das condições de acolhimento nos campos de refugiados. A campanha atualmente a decorrer destina-se a financiar fontes de energia renovável nos campos de refugiados da responsabilidade do ACNUR.      Ver

“Refúgio e Arte: Dormem mil cores nos meus dedos”
LISBOA, 11 de dezembro de 2015 - O Projecto "Refúgio e Arte: Dormem mil cores nos meus dedos", do CPR, foi um dos 16 seleccionados no âmbito da linha de financiamento PARTIS - Práticas Artísticas para a Inclusão Social, pela Fundação Calouste Gulbenkian.      Ver

Acolhimento descentralizado de refugiados recolocados em Portugal
LISBOA, 11 de dezembro (CPR) - Graças a um financiamento da Fundação C&A, o CPR iniciará em 1 de janeiro de 2016 um projeto que visa a melhoria do sistema de acolhimento e integração em contexto de emergência, através da promoção de um "acolhimento descentralizado de refugiados recolocados em Portugal"      Ver

Apesar do inverno, entradas na UE por mar continuam
LISBOA, 11 de dezembro (CPR) - Melissa Fleming, porta-voz do ACNUR, foi entrevistada pela BBC esta 5a.feira, dia 10/12,sobre os refugiados e outros migrantes, principalmente sírios, que continuam a fazer a travessia do Mar Egeu em direção à Europa.      Ver

Guterres: Não façam propaganda aos grupos terroristas
GENEBRA, 10 de dezembro de 2015 (ACNUR) - O Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados, António Guterres, parti­ci­pou na Conferência TED Global que decorreu esta semana em Genebra, sob o tema “Conjunturas Críticas”.      Ver

Mark Zuckerberg junta a sua voz na condenação da islamofobia
LISBOA, 9 de dezembro de 2015 - Mark Zuckerberg, fundador e CEO do Facebook, perante a crescente islamofobia da atual corrida eleitoral dos EUA, em especial do pré-candidato Donald Trump, assume uma posição clara de apoio aos muçulmanos dentro do seu país e no Mundo. Goste-se ou não se goste do Facebook, Zuckerberg com os seus quase 44 milhões de seguidores é, atualmente, um dos mais influentes opinion-makers dos EUA e do mundo.      Ver

Retóricas eleitoralistas e refugiados
GENEBRA, 9 de dezembro de 2015 (ACNUR/CPR) - Melissa Fleming, porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), num briefing com a imprensa, afirmou que a retórica da campanha eleitoral nos EUA está a pôr em causa um programa que é essencial para a reinstalação1 de refugiados sírios e de outras naciona­lidades.      Ver

O teatro como ferramenta de integração dos refugiados
LISBOA, 5 de dezembro (CPR) - O teatro como ferramenta de integração dos refugiados através da aprendizagem dos códigos de comunicação e socioculturais. "Refúgio e Teatro: dormem mil gestos nos meus dedos" é um projeto PARTIS (Fundação C. Gulbenkian) a decorrer no CAR/CPR.      Ver

Melhoramento da receção em Lesbos
ILHA DE LESBOS (GRÉCIA), 3 de dezembro de 2015 (CPR)O ACNUR, em colaboração com as autoridades gregas, procura melhorar as condições de receção na Ilha de Lesbos. As ONGs parceiras e voluntários ajudam as pessoas enregeladas, encharcadas e atemorizadas que chegam às praias em botes de borracha sobrelotados.     Ver

Fundação Lego em colaboração com o ACNUR apoia atividades para crianças sírias
BEIRUTE, 2 de dezembro (ACNUR) - Atualmente, há cerca de 400.000 crianças sírias refugiadas no Líbano que estão em idade escolar. As escolas públicas libanesas desdobram-se em dois turnos - de manhã para libaneses, de tarde para sírios - mas, apesar de todos os esforços, apenas metade das crianças refugiadas são abrangidas. Em colaboração com a Fundação Lego, o ACNUR faz chegar às crianças as atividades pedagógicas e lúdicas de construção com os pequenos "tijolos" de plástico.      Ver

Refugiados sírios no Líbano
BEIRUTE, 30 de novembro de 2015 (ACNUR) - Apesar de ser o país do mundo com mais refugiados por milhar de habitantes, o Líbano continua de fronteiras abertas para os sírios em fuga. Os campos de refugiados acolhem apenas uma pequena parte. A maioria dos refugiados vive por sua conta. Legalmente, não podem trabalhar e o subsídio que recebem é demasiado curto...  Ver

Portugal e o programa de recolocação de refugiados na UE
LISBOA, 28 de novembro de 2015 (CPR) - Um artigo de ontem do Diário de Notícias com o título "Portugal ofereceu-se para receber 5 mil refugiados. Só 50 aceitaram." gerou uma sucessão de equívocos na comunicação social. Aparentemente, o jornal chegou a esse “título bombástico" a partir de declarações de Luís Gouveia, diretor adjunto do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, que, mais tarde, recusou a forma como as suas palavras foram interpretadas.    Ver

Amina, a importância de sentir afeto e segurança
ILHA DE LESBOS (GRÉCIA), 25 de novembro de 2015 (ACNUR/CPR) - Para ajudar a suportar as noites frias, o ACNUR entregou cobertores e as organizações parceiras distribuíram roupa e alimentos, mas Amina diz... "O afeto que recebemos é ainda mais importante e, sobretudo, sentirmo-nos em segurança aqui."  Ver

Princesa Haya Hussein, da Jordânia apela para a solidariedade com os refugiados
23 de novembro de 2015 (ACNUR) - A Princesa Haya Hussein, da Jordânia, Mensageira da Paz pela ONU, apela para a solidariedade com os refugiados. Do total de 4,3 milhões de refugiados sírios, a maioria permanece nos países da região (principalmente na Turquia, Líbano e Jordânia). O número de sírios acolhidos pela Jordânia é idêntico ao de toda a Europa (cerca de 700.000).     Ver

Filippo Grandi é o novo Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados
NOVA IORQUE, 18 de novembro de 2015 (ACNUR) - A Assembleia Geral da ONU, a 18 de novembro, sob proposta do Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, elegeu Filippo Grandi para o cargo de Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), com início de mandato em 1 de janeiro de 2016.      Ver

Angelina Jolie discursa no Conselho de Segurança da ONU
20 de novembro de 2015 (ACNUR) - Excertos do discurso de Angelina Jolie, Embaixadora da Boa Vontade e Enviada Especial do ACNUR, no Conselho de Segurança da ONU.   Ver

O equívoco de M. Gustave
18 de novembro de 2015 (ACNUR) - Prestando homenagem aos refugiados, Wes Anderson, o realizador do filme “Grande Hotel Budapeste” (dezenas de prémios e nomeações) selecionou um pequeno excerto. É um diálogo em que M. Gustav (Ralph Fiennes) descobre que Zero (T. Revolori) era, afinal, um refugiado.      Ver

ECRE: Na sequência dos atentados de Paris, apelamos à Europa para reforçar o compromisso com os seus valores fundamentais
BRUXELAS, 18 de novembro de 2015 (ECRE) - O Conselho Europeu para os Refugiados e Exilados (ECRE) expressa o seu choque e consternação pela morte de tantas pessoas inocentes nos ataques recentes em Beirute e Paris.  Ver

Os refugiados são vítimas do mesmo terror
LISBOA, 16 de novembro de 2015 (TSF/CPR) - A Presidente do CPR, Teresa Tito de Morais, questionada hoje pela TSF, afirmou que os refugiados são as principais vítimas do Daesh/EI, merecendo também a maior solidariedade e devendo-lhes ser assegurada a proteção inter­nacional.      Ver

Campo de Refugiados de Zaatari
ZAATARI (Jordânia), 16 de novembro de 2015 (ACNUR/CPR) - Zaatari, no norte da Jordânia, tem o maior campo de refugiados do Médio Oriente e o segundo maior do mundo. Atualmente com, aproximadamente, 81 mil residentes Sírios, foi estabelecido em 29 de Julho de 2012 para fazer face a enormes fluxos de refugiados.      Ver

Receção na Croácia, em trânsito para a Eslovénia
ZABREB, 13 de novembro de 2015 (ACNUR) - As autoridades croatas têm garantido a receção e o transporte dos refugiados até à fronteira eslovena. Em movimento, 5 mil refugiados por dia, incluindo famílias numerosas com crianças de tenra idade, vão fluindo, embora com algumas pausas forçadas inerentes ao processo de registo.      Ver

De norte a sul do país, o CPR desdobra-se por inúmeras sessões de esclarecimento e sensibilização
LISBOA, 11 de novembro de 2015 (CPR) - O CPR está a receber diariamente convites de escolas, universidades, autarquias e de diversas organizações da sociedade civil para promover ou participar em sessões de esclarecimento e sensibilização sobre asilo e refugiados.      Ver

Líbano: Uma tenda transformada em escola
VALE DE BEKA (LÍBANO), 10 de novembro de 2015 (ACNUR) - Com 400.000 crianças em idade escolar no Líbano, só cerca de metade tem acesso a aulas. Procurando ir ao encontro de uma necessidade tão importante, Fátima, refugiada e professora síria, transformou a sua tenda numa escola.        Ver

Chegaram ao país os refugiados reinstalados a partir do Egito
LISBOA, 9 de novembro de 2014 (CPR/LUSA) - Neste sábado e no domingo chegaram a Portugal 39 refugiados ao abrigo do Programa de Reinstalação do ACNUR. (Atualização da notícia de 07-11-2015)      Ver

Ali, salva-vidas em Lesbos
LESBOS, 5 de novembro de 2014 (ACNUR) - Ali veste a sua roupa de mergulho e passa 20 horas por dia de vigília nas praias de Lesbos, onde refugiados e outros migrantes chegam aos milhares diariamente.       Ver

Atrasos inadmissíveis no Programa de Relocalização de Refugiados
LISBOA, 4 de novembro de 2015 (LUSA/CPR) - A Presidente do CPR, Teresa Tito de Morais, entrevistada hoje pela LUSA, considerou "inadmissível" que as organizações nacionais estejam há dois meses à espera dos refugiados ao abrigo do Programa de Relocalização na União Europeia    Ler

Eslovénia: ao relento em noite gelada
ZAGREB, 3 de novembro de 2014 (ACNUR) - Milhares de refugiados, incluindo muitas famílias com crianças e alguns idosos passaram a noite ao relento e ao frio entre campos de milho e as linhas de comboio, aguardando entrada na Eslovénia.        Ver vídeo

Travessias do Mediterrâneo continuam a aumentar exponencialmente
GENEBRA, 2 de novembro de 2015 (ACNUR/CPR) - Adrian Edwards, porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), infor­mou hoje num briefing com a imprensa que 218.324 refugiados e outros migrantes chegaram à UE, por via marítima, durante o mês de outubro, um número que é signi­fi­cativamente superior ao mês anterior (172.843).    Ver

Líbano: Os refugiados preparam-se para um longo e difícil inverno
VALE DE BEKA (LÍBANO), 31 de outubro de 2015 (ACNUR) - Milhares de refugiados no Líbano preparam-se para o inverno que se avizinha reforçando as tendas e abrigos temporários.        Ver

Noruega, país de asilo
LISBOA, 30 de outubro de 2015 (CPR) - A Noruega, país que tem um dos maiores indicadores de desenvolvimento humano (IDH) do mundo, está muito longe dos conflitos geradores de refugiados mas há sempre uma forma de chegar lá, nem que seja de bicicleta, em pleno Ártico, na fronteira com a Rússia...        Ler

Inv(f)erno no Egeu
LISBOA, 29 de outubro (CPR) - Com o agravamento das condições climatéricas, ontem, 4a.feira, foram batidos records de naufrágios no Mar Egeu. Em operações que se prolongaram pela noite dentro, fizeram-se cerca de 250 resgates, havendo ainda muitos desaparecidos e cerca de 15 mortes confirmadas, onde se incluem 10 crianças.        Ler

Alguém perdeu uma criança chamada Roni?
Fronteira Croácia/Sérvia, 28 de outubro de 2015 (ACNUR) - À chuva e ao frio, milhares de refugiados e migrantes ficaram em terra de ninguém, entre a Sérvia e a Croácia. No meio da confusão Roni perdeu-se dos seus pais.    Ver

Croácia: Chegada de um comboio no domingo
ZAGREB, 27 de outubro de 2015 (ACNUR) No domingo, um comboio proveniente de Tovarnik, localidade croata na fronteira com a Sérvia, transportando 1.800 refugiados e outros migrantes chegou a Cakovec, na fronteira com o sul da Eslovénia mas a passagem foi barrada pela polícia...        Ver

CPR critica lentidão da relocalização e defende reforço do acolhimento de refugiados
LISBOA, 26 de outubro de 2015 (LUSA/CPR) - A Presidente da Direção do CPR, Teresa Tito de Morais, em declarações à LUSA, a propósito da decisão da Comissão Europeia sobre o envio de guardas fronteiriços para a Eslovénia, defendeu que mais impor­tante do que tropas para as fronteiras seria reforçar os instru­mentos de proteção.        Ler

Basta!
LISBOA, 24 de outubro (CPR) - As manifestações antigoverno começaram em março de 2011, a "Primavera Árabe" saía à rua na Síria. As autoridades no poder reagiram com violência e, rapidamente, esta aumentou de escala. Em abril de 2013, tinha atingido tais proporções que os responsáveis pelas principais agências humanitárias da ONU lançaram um apelo desesperado...       Ver

Debate na Universidade do Porto
LISBOA, 21 de outubro de 2015 (CPR) - No âmbito do debate “Abrir Portas aos Refugiados – A questão das migrações para a Europa", organizado hoje pela Reitoria da Universidade do Porto, Teresa Tito de Morais, Presidente do CPR, afirmou que no processo de recolocação nos Estados-membros da UE, que está a ser “demasiadamente lento”        Ler mais

Número de chegadas à Grécia ultrapassou o meio milhão
GENEBRA, 20 de outubro de 2015 (ACNUR) - O número de chegadas por via marítima à Grécia, durante o ano corrente, ultrapassou o meio milhão com o desembarque ontem, segunda-feira, nas ilhas do Mar Egeu, de quase 8.000 pessoas.        Ler

A Europa não pode esquecer valores há muito assumidos
LISBOA, 17 de outubro de 2015 (CPR) - Na abertura do Fórum da Antena 1 da passada sexta-feira, Teresa Tito de Morais, Presidente do CPR, mostrou-se pouco otimista sobre os efeitos de um acordo entre a UE e a Turquia referente ao controlo de fronteiras e à contenção do acesso de refugiados ao espaço europeu.        Ver

70º aniversário da ONU
LISBOA, 15 de outubro de 2015 (CPR) - Comemora-se em 24 de outubro o Dia das Nações Unidas, data que assinala a entrada em vigor da Carta das Nações Unidas.        Ler

Passeio em Lisboa
LISBOA, 13 de outubro de 2015 (CPR) - Com os 51 lugares do autocarro totalmente ocupados, seguimos até Santa Apolónia, onde descemos para um percurso a pé passando pelo Panteão Nacional, a Feira da Ladra, a Igreja de S. Vicente de Fora, o Miradouro da Graça, o Miradouro das Portas do Sol, descendo pelas ruas de Alfama até ao Museu do Fado, onde nos aguardava o autocarro que nos levou até ao Martim Moniz.      Ver

 

 

 

 

De acordo com as últimas estatísticas, o número de migrantes forçados em todo o mundo ultrapassa os 65 milhões e não pára de aumentar. O número de pessoas que buscam protecão no nosso país é de cerca de 870 por ano ou 87 pessoas por cada milhão de habitantes, um número bastante inferior à média europeia (2600 pedidos por milhão de habitantes na UE-28, em 2015). Há um quarto de século que o CPR, sempre em colaboração com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), procura minimizar as consequências das deslocações forçadas, em particular das pessoas acolhidas em Portugal.