GIP – GABINETE DE INSERÇÃO PROFISSIONAL “NOVOS ESPAÇOS – NOVAS OPORTUNIDADES”
O GIP “Novos Espaços – Novas Oportunidades” é um serviço de apoio gratuito que promove a (re) integração profissional de jovens e adultos desempregados.
Surgiu de uma parceria entre o Conselho Português para os Refugiados (CPR) e o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), em 2009, trabalhando em estreita parceria com o Centro de Emprego de Loures-Odivelas.
Integra o departamento de emprego e formação profissional do CPR, criado em 2001 para dar respostas concretas, inovadoras e ajustadas aos requerentes e beneficiários de proteção internacional.
A quem se destina?
  • Requerentes e beneficiários de proteção internacional;
  • Comunidade envolvente ao Centro de Acolhimento para Refugiados;
  • Entidades Empregadoras.
Quais são os apoios prestados pelo GIP?
  • Procura emprego?
    Asseguramos um acompanhamento personalizado
    • Apoio à procura de emprego (elaboração de currículo, candidatura a ofertas de emprego, registos on-line, preparação para entrevistas de emprego, etc.);
    • Informação sobre oferta formativa e respetivo encaminhamento;
    • Divulgação de ofertas de emprego;
    • Atividades de apoio à colocação e acompanhamento pós-colocação;
    • Divulgação e encaminhamento para medidas de apoio ao emprego ou empreendedorismo;
    • Apoio à participação em iniciativas promotoras da inserção no mercado de trabalho;
    • Divulgação de programas comunitários que promovam a mobilidade no emprego e na formação profissional no espaço europeu;
    • Informações sobre direitos e deveres dos candidatos inscritos no serviço de emprego, etc.
  • É uma entidade empregadora? Procura trabalhadores?
    Somos um serviço de proximidade com cerca de 17 anos de experiência no apoio a processos de recrutamento e seleção. Podemos ajudá-lo com:
    • Divulgação gratuita das suas ofertas de emprego;
    • Apoio no recrutamento de novos funcionários;
    • Informação atualizada sobre medidas de apoio e incentivo à contratação do IEFP;
    • Informação sobre a Lei n.º 27/2008, de 30 de Junho, alterada e republicada pela Lei n.º 26/2014 de 05 de Maio (Lei do Asilo);
    • Acompanhamento pós-colocação, sempre que necessário.

A quem se destina?
Quais são os apoios prestados pelo GIP?
Contacte-nos!

 

Contacte-nos!
Técnica de Emprego responsável: Filipa Silvestre
Tel: 21 994 87 10
E-mail: filipasilvestre.gip@cpr.pt
DIVERSOS PROJECTOS DO CPR SÃO FINANCIADOS PELO FUNDO ASILO, MIGRAÇÃO E INTEGRAÇÃO (FAMI)

 

De acordo com as últimas estatísticas, o número de migrantes forçados em todo o mundo ultrapassa os 65 milhões e não pára de aumentar. O número de pessoas que buscam protecão no nosso país é de cerca de 870 por ano ou 87 pessoas por cada milhão de habitantes, um número bastante inferior à média europeia (2600 pedidos por milhão de habitantes na UE-28, em 2015). Há mais de um quarto de século que o CPR, sempre em colaboração com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), procura minimizar as consequências das deslocações forçadas, em particular das pessoas acolhidas em Portugal.